Blog da GCMCGRJ, destinado a mostrar as nossas ações e também para receber criticas e sugestões para cada dia melhor atender a nossa população. Guarda Civil Municipal você conhece você confia.

quinta-feira, maio 26, 2011

Juiz de Direito deve ser exemplo, mas Dr Glaucenir Oliveira está indo longe demais....

Texto retirado na íntegra do http://pensamentossubjetivos.blogspot.com/
Histórico do Juiz de Direito Dr Glaucenir Silva de Oliveira:

Um Juiz de Direito ele é Juiz 24h por dia, devendo ter conduta ilibada, e compatível tanto no âmbito do seu ambiente de trabalho como fora dele. 

COMPORTAMENTO INADEQUADO NA SOCIEDADE: 

Em 31/12/2009 o Juiz Glaucenir sacou e apontou uma pistola para a cabeça de um empresário em Meaípe/ES na Multiplace Mais, por ter importunado a namorada de um empresário, veja aqui.


O empresário afirma que o juiz assumiu uma atitude agressiva diante de sua aproximação, sacando uma pistola, sendo que a testemunha, a estudante Ana Flávia Barbosa, 27 anos, moradora de Viçosa (MG), afirmou que não assistiu ao princípio da confusão nem o que foi dito, mas garante que viu o juiz apontando a arma.Veja aqui.


Também publicada no BLOG do Dr Maxsuel Barros Monteiro, que estava descansando na localidade e reproduziu o artigo do jornal capixaba.

COMPORTAMENTO ILEGAL NO EXERCÍCIO DE SUA PROFISSÃO:

Em 20/03/2011, quando da detenção  do principal acusado de ter estuprado uma mulher e amarrado sua filha e seu pai em uma casa na praia de Atafona, em São João da Barra, na última sexta-feira(18/3), após 48 horas de investigações, policiais militares da 5ª Cia da PM, de São João da Barra, comandados pelo Tenente Viana, conseguiram chegar ao acusado que mora no Parque Santa Rosa, em Guarus, e já responde outros processos por estupros na Região dos Lagos e na cidade do Rio de Janeiro. Porém o Juiz de Plantão, no dia 20/03, que era o Dr Glaucenir Silva de Oliveira queria que levassem os autos até ele que se encontrava no RIO DE JANEIRO. 


O magistrado, por sua vez, não aceitou que as peças do inquérito policial fossem enviadas por Fax. Exigiu que todo o inquérito fosse levado para o Rio de Janeiro, a fim de que pudesse decidir sobre o pedido de prisão preventiva. Mas, não havia policiais que pudessem fazer a viagem.


Ora pois, o magistrado que estiver de plantão tem que permanecer nas Sedes dos respectivos Fóruns em que se encontram em exercício, atendendo cumulativamente a todas as Comarcas de sua região que são: Campos, São João da Barra, Sao Fidélis, Macaé, Conceicão de Macabu, São Francisco do Itabapoana, Italva e Carapebus/Quissamã.


"No final, o acusado,  acabou ficando preso por portar drogas e não porque havia sido reconhecido como o autor do estupro e furto em Atafona." 


Fato este registrado aqui e no CAMPOS 24 HORAS.


DESACATO E AGRESSÃO À AUTORIDADE DA
GCM NO EXERCÍCIO DE SUA PROFISSÃO:


Ela realizava seu trabalho e ao constatar que o motorista estava sem o cinto de segurança, pediu para que o mesmo utilizasse o equipamento. O motorista por sua vez, teria se recusado , alegando estar habituado a dirigir sem o cinto. Segundo a Guarda,
"ao receber a informação de que iria ser multado o motorista encostou o carro e a agrediu com empurrões e ameaças." 


FATO ESTE NOTICIADO EM VÁRIOS PERIÓDICOS LOCAIS:
FOLHA DA MANHÃ
CAMPOS 24 HORAS
URURAU


É PRECISO QUE FIQUE CLARO UMA COISA,  A AUTORIDADE ALI ERA A GUARDA CIVIL MUNICIPAL E O INFRATOR ERA O JUIZ. O GUARDA MUNICIPAL NÃO DEVE SE CURVAR NEM A UM POLICIAL MILITAR E NEM A UM JUIZ DE DIREITO. 


Esta guarda municipal deveria ter dado voz de prisão ao infrator, pois além de ser DESRESPEITADA como autoridade no cumprimento de suas funções, foi AGREDIDA, AMEAÇADA, por um cidadão que se sente o "todo poderoso" por ser togado, e deixou claro para todas as testemunhas que estavam ali,e para nós, que estamos tomando conhecimento deste episódio ultrajante, que a lei deve ser cumprida apenas por nós, meros mortais, que não usamos a farda do poder.


E, se não sabem, fiquem sabendo o Juiz de Direito só pode dar ordem de prisão em flagrante delito, coisa que qualquer cidadão também pode fazê-lo.  Já o Promotor de Justiça é diferente.



ATÉ QUANDO VAMOS AGUENTAR OS DESMANDOS DE ALGUNS PROFISSIONAIS DESPREPARADOS, QUE USAM E ABUSAM DO PSEUDO”PODER QUE ACREDITAM TER? 

A LEI É UMA SÓ E DEVE SER SEGUIDA POR TODOS, INDEPENDENTEMENTE DE CARGOS,PATENTES OU PRIVILÉGIOS.

Diante do COMPORTAMENTO ILEGAL NO EXERCÍCIO DE SUA PROFISSÃO EU QUESTIONEI AO DIRETOR DO FORUM MARIA THEREZA GUSMÃO QUE CERTAMENTE NÃO DEVE LER BLOG'S, O QUE ERA AQUILO? 

PORÉM O CASO É MAIS SÉRIO, ESTE JUIZ TEM UM HISTÓRICO DE PESSOA DE TEMPERAMENTO AGRESSIVO QUE USA DA PRERROGATIVA DO CARGO PARA OBTER VANTAGENS E ATÉ MESMO "ABUSAR" DO PODER QUE JULGA POSSUIR.

É CASO DE UMA DENÚNCIA A ESCOLA DE MAGISTRATURA E TAMBÉM A OUVIDORIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. 

ALÉM DO REGISTRO DE OCORRÊNCIA, POIS O CASO EM MEAÍPE/ES CORRE EM SEGREDO DE JUSTIÇA, AQUI TAMBÉM SERÁ ASSIM??

4 comentários:

Reflexões disse...

Senhores, postei um link para que a GCM Simone possa peticionar fazendo uma representação disciplinar diretamente ao CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. http://www.cnj.jus.br/ouvidoria-page/como-peticionar-ao-cnj
Além das instruções na página de como deverá proceder, há ainda um modelo de RD. Peço que me avisem, caso ela não faça, eu farei. Meu email é gianna_barcelos@hotmail.com.

Simone, estamos contigo!
Forte abraço.

PS: Não te conheço, mas várias colegas suas estudaram comigo na FDC.

Herval Junior disse...

Meu total apoio à guarda municipal que abordou o Juiz .
Esse tem um histórico nada exemplar e tem que pagar pelo desrespeito à Simone .
A corda não pode e nem deve arrebentar no lado mais fraco.
Minha solidariedade à toda categoria.
Obs : aguardando novidades

conselheira disse...

Infelizmente o Dr. Glaucenir não merece crédito, pois tem o mal da "juizite", já se encolveu em vários episódios, já esteve durante vários anos na comarca de Macaé para ver se os fatos em que ele se envolveu por aqui fossem esquecidos, mas ele é sempre a mesma pessoa. Lamentável! Espero q todos se una a favor desta servidora.

Reflexões disse...

GCM Simone, saiu uma reportagem numa TV local onde uma testemunha relata que presenciou o Juiz te agredindo. Seria interessante que a Associação dos Guardas Municipais de Campos ou vc mesma pedisse a cópia da fita desta reportagem para juntar a petição ao CNJ.