Blog da GCMCGRJ, destinado a mostrar as nossas ações e também para receber criticas e sugestões para cada dia melhor atender a nossa população. Guarda Civil Municipal você conhece você confia.

terça-feira, abril 24, 2012

[NE10] João da Costa fala sobre porte de arma para guardas municipais




João da Costa firma convênio com PF para capacitar Guardas de Recife no uso de armas


Solenidade contou com a presença de representantes de várias secretarias e agentes da guarda municipal
Foto: Malu Silveira / NE10
Do NE10

Até o final deste ano, os cerca de 1.200 guardas municipais atuantes no Recife devem ir às ruas portando armas de fogo. O convênio para liberação de porte de arma foi firmado na manhã desta quinta-feira (19) pelo prefeito João da Costa e o superintendente da Polícia Federal (PF), Marlon Jefferson, na sede da Guarda Municipal, em Santo Amaro, Zona Central do Recife.

A decisão segue conforme a Lei Federal nº 10.826/03 e não se dará de forma imediata. De acordo com o superintendente da PF, os agentes passarão por uma série de treinamentos. "A regra para autorização do uso de arma é muito simples: capacitação. O profissional precisará de um treinamento continuado, em várias etapas", destacou Marlon Jefferson. Após o treinamento, os agentes ganharão o porte. Todo o processo deve ocorrer até o final de 2012.

Para aprovação do uso de armas em serviço, os guardas devem passar por avaliações psicológicas, curso de manuseio de armas e testes físicos. Todo o processo cumpre os requisitos da grade curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Os agentes de trânsito também terão direito a porte de arma, já que no Recife, os guardas municipais são os que desempenham o controle do tráfego de veículos.
No discurso, João da Costa destacou a mudança de opinião em relação ao tema. "Quando candidato a prefeito do Recife, era contra o armamento dos guardas, pois achava que eles serviam como apoio ao trabalho da polícia". Para o prefeito, o armamento dos seguranças na iniciativa privada foi o argumento decisivo na liberação. "Não vejo ninguém reclamar dos vigilantes de empresas privados estarem armados. Por que então a guarda municipal não pode?", questionou.

O prefeito afirmou também que o uso de armas não mudará a função dos agentes. "Porte de arma não muda a função do profissional. Os agentes continuarão agindo na proteção do patrimônio público e ambiental".
Os portes de arma serão válidos na Região Metropolitana do Recife e terão prazo máximo de validade de dois anos. Ainda não há uma estimativa de tempo para que os profissionais terminem o curso de capacitação e estejam aptos a usar armas em serviço.
ANÚNCIO - O evento de firmação do convênio entre a Prefeitura do Recife e a Polícia Federal também serviu de divulgação da proposta de Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores da Guarda Municipal.
O prefeito João da Costa formou um grupo de trabalho entere representantes de várias secretarias e deve definir em até 90 dias um plano de proposta para as necessidades da categoria.

Um comentário:

justiceiro GCM disse...

Até agora não sei com qual finalidade estas postagens,pois só serve para deixar os guardas mais indignados,se for para mostrar os nossos governantes o que fazer vcs podem tirar o cavalinho da chuva pois os nossos governantes num tão nem ae,eles sequer fazem a manutenção de nossos salarios!